logo

Select Sidearea

Populate the sidearea with useful widgets. It’s simple to add images, categories, latest post, social media icon links, tag clouds, and more.
hello@youremail.com
+1234567890

Aplicativo para saúde: vale à pena?

Aplicativo para saúde: vale à pena?

Uma das grandes regalias oferecidas pela tecnologia é a praticidade ao buscar informações dos mais variados tipos e profundidades. Nos meios clínicos não é diferente, visto que os sistemas de gestão hospitalar servem justamente para oferecer rapidez e praticidade ao visualizar informações sobre pacientes e os locais de trabalho como um todo. E uma boa forma de angariar novos pacientes é seguindo esta linha, com um aplicativo para saúde.

 

Existem apps dos mais variados tipos e recursos. Mesmo nos meios clínicos, alguns deles facilitam e muito a busca por informações de uma forma dinâmica, como os oferecidos na área de fisioterapia, por exemplo.

 

Portanto, nada mais natural para o público do que eles próprios também terem acesso a dados de uma forma mais fácil. Seja para que eles sejam capazes de realizar cuidados simples, seja para ter outros meios de se informarem enquanto atendimentos mais precisos não dão um diagnóstico mais claro.

 

Mas será que realmente vale à pena para um hospital ou instituição de saúde investir em um app próprio para estes dados? De antemão, garantimos que sim, e não apenas para oferecer um serviço alternativo aos pacientes.

 

Existem outras tantas vantagens quanto um sistema de gestão hospitalar, tanto para pacientes como funcionários. Vejamos algumas ideias e possibilidades que um aplicativo para saúde pode oferecer.

O quê um Aplicativo para saúde pode oferecer para seus pacientes?

 

Basicamente, rapidez e facilidade de informações. Atualmente, existem aplicativos voltados para diversos aspectos da saúde, desde aqueles com sugestões e ferramentas para realizar exercícios físicos com maior direcionamento, até os que educam em diversos cuidados com o corpo.

 

Um exemplo deles é o Fotoskin e o Hydro. Enquanto o primeiro ajuda os usuários a se prevenirem de câncer de pele e outras doenças da mesma categoria, o segundo auxilia na reposição e na quantidade ideal de água a ser ingerida ao longo do dia. Ótimo para quem possui quadros cuja necessidade de controle é ainda mais precisa.

 

Para algumas pessoas pode parecer supérfluo, mas trata-se de um grande avanço nos cuidados com a saúde, principalmente para quem necessita de recursos mais detalhados. O mesmo vale para quem pratica exercícios e tem a saúde delimitada, e por aí vai.

 

Em resumo, quando um hospital ou instituição de saúde oferece aplicativos que ajudam seus pacientes além do atendimento e informações tradicionais, é mais um diferencial para garantir sua permanência e fidelidade. Mais adiante, iremos oferecer algumas ideias de apps clínicos que podem ser úteis aos gestores de clínicas e hospitais.

E para os funcionários?

 

Otimização de tempo e recursos, de uma forma geral. Um ponto muito comum nos atendimentos em hospitais, além da rotina de trabalho dos profissionais repleta de processos, é a necessidade de atender os pacientes e suas muitas dúvidas, o que por um lado pode ser bom pelo fato do local ser uma referência, mas por outro tomar o tempo de funcionários e médicos que precisam focar em outras tarefas.

 

Entre as possibilidades que um aplicativo para saúde pode fornecer a funcionários, podemos listar as seguintes, e que já podem servir de base para que os gestores pensem em ideias futuras no setor.

 

  • Facilitar o canal de comunicação entre médicos e pacientes
  • Oferecer informações sobre o hospital, marcação de exames e consultas
  • Saber com maior precisão a cobertura dos planos de saúde

 

Entre outras possibilidades, como os aplicativos já mencionados anteriormente.

Ideias de aplicativo para saúde

 

A quantidade de recursos e investimento que uma instituição de saúde vai oferecer a seus pacientes e funcionários dependerá dos objetivos que o local tem em mente com eles. De informativos a jogos, de extensores de atendimento até meios de triagem, o que não faltam são possibilidades. Vamos trabalhar algumas das ideias a seguir, tomando como base justamente os objetivos pensados para a área de saúde.

Informativos

 

É a ferramenta mais básica, e ainda assim a mais buscada quando se trata de aplicativo para saúde, dentro dos meios hospitalares. Informações sobre doenças, seus sintomas, os meios de prevenção e tratamento, e a qual médico procurar reduz tanto o tempo de busca dos pacientes, como facilita a triagem o atendimento em hospitais. Além disso, uma população mais esclarecida também a saúde como um todo melhor.

Canal de Atendimento

 

Este é um recurso um pouco mais cuidadoso e complexo, pois basicamente tira as funcionalidades de ferramentas mais populares, como os aplicativos de bate-papo, e transfere para um canal particular do hospital. Aqui, é preciso que seus profissionais estejam treinados para o uso dos recursos, e possível tenham unicamente esta função, para que não fiquem sobrecarregados.

 

Se bem realizado, um app que funcione como um canal de atendimento e informações podem tornar outros tipos de contato, como os de telefone, menos demorados, o que por si só é uma grande solução para um dos impasses mais difíceis dentro de um meio de atendimento. Contudo, é importante ressaltar que deve existir uma estrutura e capacitação profissional eficiente para oferecer tal recurso.

Jogos Interativos

 

Este é mais indicado para as áreas de fisioterapia e pediatria. Jogos já se provaram um meio prático de ensinar processos e ajudar pacientes em estados de saúde mais delimitados ou até crônicos. Jogos simples, que ajude-os a trabalhar o corpo, ou apenas se distrair em meio a tratamentos complexos, também pode ser uma forma mais simples e direta de cuidá-los.

 

Por fim, considere que investir em um aplicativo para saúde significa em mais um ponto a injetar recursos, de que ele precisa de planejamento e metas de forma similar, e profissionais prontos para resolver problemas e expandir possibilidades. Não deixe de considerar a opção em seu hospital ou clínica, e se precisar de dicas, a MCJ está disponível para consultorias a respeito. Até a próxima!

Comentários

user-gravatar
Redação MCJ
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website