logo

Select Sidearea

Populate the sidearea with useful widgets. It’s simple to add images, categories, latest post, social media icon links, tag clouds, and more.
hello@youremail.com
+1234567890

5 Dicas para usar o Marketing Digital em Hospitais

5 Dicas para usar o Marketing Digital em Hospitais

O marketing digital é um dos segmentos com maior crescimento no setor publicitário nos últimos anos. Além de haver mais formas criativas de apresentar produtos e serviços nos meios online, o público tem recebido essas novidades de forma mais receptiva e intensa. A comodidade que a web proporciona permite mais possibilidades, e com custos bem mais acessíveis que os meios analógicos antes tradicionais. Mas qual é sua ligação com os meios de saúde?

 

Existe um certo “tabu” quando se associa marketing e saúde. De fato, a ideia do marketing, como um meio de vender produtos e serviços, não se associa de forma positiva com clínicas e hospitais em geral, uma vez que está associado à ideia de “vender saúde”. O que está longe de ser o caso real.

 

Além disso, soma-se o fato de que essas mesmas instituições de saúde, quando buscam meios de divulgarem seus locais, fazem uso dos meios mais tradicionais de marketing, o que não é errado, porém é limitado.

 

Com essas questões em mente, vamos encontrar um equilíbrio ideal entre a aplicação do Marketing Digital em hospitais, partindo do princípio que seus pacientes buscam referências online para ter o melhor tratamento.

Utilizando o Marketing Digital em hospitais de forma consciente

1. Transparência é fundamental

 

Um dos primeiros pontos que os pacientes procuram em suas pesquisas sobre clínicas e hospitais são os referenciais que o local e seus profissionais possuem. E é aqui que, ao investir no marketing de conteúdo que os gestores e a equipe responsável podem ser não apenas transparentes em suas informações, como criativos.

 

Quanto a informação em si, seja claro e direto. Cases de sucesso, dados institucionais e inovações tecnológicas na área são algumas das aplicações que podem ser trabalhadas. Novidades em algum setor atendido podem fazer a diferença, sobretudo se não houver algum tipo de cobertura na região.

 

E tal como em outros segmentos, saber o que outros hospitais da mesma região possuem como diferencial também facilita a busca por espaço.

2. Preste atenção em seus “concorrentes”

 

Não há uma concorrência direta em se tratando de hospitais. Por se tratar de um serviço essencial, os pacientes vão procurar os mais próximos de casa, que sejam de acordo com suas condições financeiras, entre outros fatores, logo a menos que a instituição não possua a estrutura necessária de seus pacientes, eles vão escolher aqueles lhes que mais convier.

 

Ao saber os diferenciais de cada hospital e clínica que oferece os mesmos serviços que o seu, é possível trabalhar suas próprias características de forma diferenciada. Tenha em mente que a intenção não é dizer que o seu hospital “é o melhor”, mas sim que dê a prerrogativa para que seus pacientes possam dizê-lo.

 

Com a transparência na divulgação, e a consciência do que sua instituição de saúde tem de melhor, podemos usar as ferramentas do marketing digital em hospitais a nosso favor.

3. Faça bom uso do Marketing de Conteúdo

 

O marketing de conteúdo é uma das ferramentas mais práticas para quem deseja explorar as possibilidades dos meios virtuais na web, e por dois motivos. Primeiro, por ser uma forma de oferecer informações, sanar dúvidas e atender as necessidades dos seus pacientes de uma forma mais direta, e preocupando-se em se tornar um canal relevante de informações para seu público.

 

Segundo, pois é uma boa maneira de apresentar a instituição de saúde, e criar um público cativo antes mesmo deles procurarem uma instituição de saúde. Entre informações, notícias e divulgações, no momento em que precisarem de um serviço clínico de qualidade, saberão naturalmente aonde procurar.

4. Explore as redes sociais

 

As redes sociais, atualmente, são um dos canais mais visados para a divulgação de qualquer produto ou serviço. Mesmo com as mudanças recentes, relacionadas a automatização de postagens e a captação quase robótica de usuários, elas ainda possuem uma grande relevância na presença virtual de um hospital ou clínica.

 

Aqui, sua função não é necessariamente um canal de comunicação, não ao menos como os meios tradicionais. Mas sim, uma forma de mostrar novidades sobre o local, notícias, e dentro dessas publicações, interagir com o público e tirar suas dúvidas.

 

Por ser tratar de uma instituição de saúde, é muito importante que a comunicação entre empresa e usuários seja de forma formal, esclarecedora, e cuidadosa com os diversos perfis de usuários online, visando sempre a transparência. Lembre-se que, em tempos de más interpretações online, todo cuidado e atenção é pouco.

5. Atenha-se a um planejamento

 

Planejamentos são um aspecto muito comum para os gestores de clínicas, e no marketing digital isso não é diferente. É essencial que haja um plano de metas e objetivos com o marketing de conteúdo em hospitais: mais do que se fazer conhecido na web para pacientes, trata-se de um investimento, e como tal, deve gerar resultados.

 

Um bom planejamento considera ciclos de atividades e publicações de materiais, cobrindo não apenas as possibilidades percebidas em suas análises, como se adaptando às mudanças inesperadas comuns em um meio tão volátil como a web.

 

Ao estabelecer metas, o marketing digital em hospitais se torna ainda mais relevante e prático. Considere cada detalhe em sua concepção, inclusive ao considerar a opção de aplicativos hospitalares e meios de fidelização de pacientes através dessas redes. Aproveite bem as possibilidades, e até a próxima!

 

Comentários

user-gravatar
Redação MCJ
No Comments

Post a Comment

Comment
Name
Email
Website